Como estudar corretamente em casa

O período letivo e os professores são fundamentais para a formação escolar e académica, mas o processo de aprendizagem é contínuo e deve ser complementado e enriquecido em casa com estudo adequado. Por muito fáceis que sejam os conteúdos e mesmo que alguém possua uma capacidade de apreensão excelente, estudar com bom ambiente é fundamental para atingir boas notas e a casa é o campo de treinos cognitivos ideal. Posto isto, saiba como estudar corretamente em casa e consiga os melhores resultados.

Criar um ambiente confortável

O ambiente que rodeia o estudante tem influência direta na concentração e no sucesso do estudo. Assim, deve estudar num ambiente iluminado, sentar-se numa cadeira confortável, ter uma secretária para organizar os materiais de estudo e manter o local sempre limpo e arrumado. Este é um aspeto fundamental, porque a sua casa é o único sítio onde pode dominar completamente o espaço que o rodeia.

Evitar os ruídos

Apesar de estar em casa, existem sempre divisões mais barulhentas que outras, por isso, deve procurar sempre um lugar silencioso, recatado e onde dificilmente seria incomodado ou interrompido. Estudar em voz alta ajuda imenso a assimilar certos conceitos e conteúdos, pelo que evitando o ruído pode colocar esta estratégia em prática. Se conseguir concentrar-se melhor com música, deve também colocar, de preferência num volume baixo. A música clássica é sempre um upgrade.

Desligar-se das distrações

A partir do momento em que inicia a sessão de estudo, deve desligar-se dos seus amigos, das redes sociais e daquilo que está a acontecer na televisão. Desligue todos os aparelhos que poderão ser um foco de distração, já que estes irão apenas atrasar o seu estudo e, muito provavelmente, sabotar as suas notas.

Arranjar motivação

Por vezes é difícil arranjar motivação para colocar o estudo em dia ou preparar um exame que se aproxima. Contudo, a motivação é essencial para qualquer tarefa e o estudo não é exceção. É mais proveitoso estudar meia hora motivado e concentrado naquilo que está a fazer, do que estudar cinco horas por esforço e com intervalos de 20 minutos.

Entrar no espírito

Estudar em casa é um pouco como trabalhar a partir de casa: é necessário multiplicar os níveis de energia e criar um espírito de ação. Se atacar os seus manuais e livros de exercícios de pijama e cara por lavar, é provável que não entre no espírito da tarefa que tem pela frente. O simples facto de se vestir e comportar-se como se fosse trabalhar fornece-lhe uma concentração extra.

Mnemónicas e amigos

Existem muitos truques para otimizar o sucesso do estudo. Se usar fórmulas ou mnemónicas de apreensão de ideias, teorias e conteúdos, acabará por estudar menos tempo e obter melhores resultados. Os amigos podem também ser importantes, já que o diálogo e discussão da matéria lecionada ajudam a fixar melhor certos conceitos e ensinamentos importantes. Quando precisar desses conteúdos, irá lembrar-se da discussão com os seus colegas e saberá do que falar.

Gerir os denominadores

A organização e o planeamento são fundamentais para conseguir estudar em casa. Comece por planear quando e onde vai estudar, sabendo de antemão as matérias que tem de atacar primeiro e fazendo planos mentais daquilo que irá estudar primeiro e o que deixará para mais tarde. Depois deve gerir muito bem o tempo que tem disponível, fazendo intervalos para refeições e para descomprimir um pouco. Se não está a conseguir concentrar-se, é preferível parar para jogar computador ou para ver um episódio de uma série do que insistir e acabar por não fazer render o tempo.

Comentar o artigo

O nosso conteúdo é gratuito!

Disponibilizamos o nosso conteúdo gratuitamente, considere desativar o seu adblocker.

Refresh