Técnicas para memorizar matéria de uma forma eficiente

Existem disciplinas com forte componente prática onde a resolução de problemas é a estratégia mais eficaz de estudo, mas ocasionalmente esta estratégia requer maior disponibilidade de tempo. Nas disciplinas teóricas, a leitura e a memorização são as estratégias por excelência. Existem alguma técnicas para memorizar de uma forma mais eficaz.

Memorizar

Após  a  elaboração  de  resumos  ou  esquemas  torna-se  útil  a  memorização  de  alguns  conteúdos. Estas estratégias devem ser utilizadas nos dias que antecedem os exames, daí a importância de fazeres o estudo prévio ao longo do semestre e deixares para os últimos dias apenas a revisão da matéria. Nesse sentido, tem em conta as seguintes sugestões:

  • Compreender antes  de  memorizar.  Isto  é  elementar  e  fundamental.  Tal significa que se deve perguntar, compreender, antes de memorizar.
  • Descansar alguns minutos antes de estudar, ajuda a recuperar forças e permite maior capacidade de memorização.
  • Empregar o maior número de entradas sensacionais, pois estas vão ajudar a decorar melhor o conceito.

Passos para a memorização

  1. Leitura rápida de toda a matéria, para obter uma ideia global da matéria. Ler tudo novamente mas de uma forma mais lenta e tentar que a matéria seja memorizada.
  2. Sublinhar os pontos importantes.
  3. Fazer esquemas e tabelas, para sintetizar a matéria.
  4. Assumir o papel do professora, ver que questões podem ser feitas em relação aquela matéria e o mais importante.
  5. Dividir em pequenas partes matérias maiores.
  6. Fazer desenhos para esclarecer a matéria.

Técnicas de memorização

  •  Repetição:  A  forma mais simples  de  decorar  uma  determinada  informação  é exactamente  repeti-la um  determinado número de vezes até que esteja totalmente aprendida. Esta técnica é muito utilizada, mas  pode  ser  demasiado  fatigante  ou  mesmo  pouco  útil,  uma  vez que  implica  um  esforço  mental  que resulta muitas vezes no posterior esquecimento de tudo o que foi decorado.
  • Imagens mentais:  esta  técnica  baseia-se  na  ideia  da  memória  fotográfica.  Para  as  pessoas  que tenham facilidades em decorar imagens, aconselha-se o recurso a informação estruturada, que provoque uma  impressão  forte  na  memória  e  obrigue  a  uma  recordação  exacta.  A  grande  desvantagem  deste método é que não pode ser aplicado a todas as matérias.
  • Técnicadosespaços: nesta técnica pretende-se utilizar a familiaridade da pessoa com determinado espaço para recordar determinada informação. Assim, por exemplo, pode-se associar a cada rua de uma pequena cidade uma ideia e o indivíduo, enquanto imagina passear-se por esses espaços recorda-se das informações  que  associou  a  cada  um  deles.  Esta  técnica  tem  a  desvantagem  de  implicar  um  bom conhecimento dos espaços, o que não acontece com todos nós, mas também, que a matéria a estudar se associe com ele.
  • Palavra-Chave: a  ideia  desta técnica  é associar um  tópico  a cada palavra-chave,  de modo que ao lembrarmo-nos desse termo nos recordamos de todo um raciocínio ou de toda uma matéria. Embora este método tenha nítidos benefícios do ponto de vista da compreensão da matéria, também é pouco fiável, pois a escolha de uma palavra-chave é muito importante.

 

6 comentários

    • Cristina
  1. 25/05/2012
  2. leonor
  3. thiago
  4. Raul kilola
  5. flavio

Comentar o artigo

O nosso conteúdo é gratuito!

Disponibilizamos o nosso conteúdo gratuitamente, considere desativar o seu adblocker.

Refresh